Brazil – Hematopoietic stem cell transplantation without the use of blood transfusions.

Brazil – Hematopoietic stem cell transplantation without the use of blood transfusions.

http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-84842006000200018&lng=&nrm=iso&tlng=
http://www.openj-gate.com/abstract.asp?articleid=8378402

Transplante autólogo de células-tronco hematopoiéticas sem uso de hemocomponentes.

Descrevemos um caso de paciente Testemunha de Jeová, portadora de linfoma Hodgkin, que foi submetida a infusão de células-tronco hematopoéticas sem o uso de hemocomponentes. O curso do transplante transcorreu sem complicações graves. Este caso demonstra que o transplante autólogo de células-tronco hematopoéticas sem o uso de hemocomponentes é factível em situações especiais, onde há clara expressão do desejo do paciente associado a condições clínicas favoráveis e acompanhamento médico especialista rigoroso.

ABSTRACT – Hematopoietic stem cell transplantation (HSCT) is standard therapy for the treatment of some hematological neoplasms and support with blood transfusions is considered essential for this procedure. Herein we describe the case of a Jeovah’s witness who had Hodgkin’s lymphoma in third partial remission and was submitted to with posterior infusion of autologous peripheral blood stem cells without the use of blood transfusions. This report shows that the autologous peripheral blood stem cell transplantation without the use of blood and platelet transfusions is feasible in special situations, where patients clearly express their wishes and where there is a favorable clinical condition with rigorous medical care provided by specialists.

Por motivações religiosas, cerca de 1.600.000 pessoas no Brasil, recusam-se a receber transfusão sangüínea e ficam, portanto, excluídas da possibilidade de receber diversas terapias, principalmente procedimentos cirúrgicos. Ballen et al. e Mazza et al. relataram casos de transplante de medula óssea realizados sem o uso de hemocomponentes com toxicidade relacionada ao tratamento semelhante aos descritos na literatura. Não pretendemos neste relato discutir os aspectos religiosos envolvidos na questão. No entanto, é de conhecimento da comunidade médica que cerca de 6 milhões de pessoas no mundo são adeptas do grupo religioso Testemunhas de Jeová, que não aceitam transfusão de sangue total ou hemocomponentes (glóbulos vermelhos, glóbulos brancos, plaquetas ou plasma), sendo que o uso de alguns hemoderivados (ou frações sangüíneas como albumina, imunoglobulinas e fatores de coagulação) podem ser aceitos por alguns destes pacientes. Este aspecto certamente tem excluído muitos destes cidadãos de um tratamento adequado em diversos centros médicos no Brasil. Este é, segundo o nosso conhecimento, o primeiro caso relatado de TCTH sem o uso de transfusão sangüínea realizado com sucesso em criança e o primeiro relato no Brasil. A objeção pessoal à transfusão sangüínea, antes de representar um obstáculo ao tratamento médico adequado, pode representar um desafio para o desenvolvimento de alternativas terapêuticas, contribuindo assim para o avanço da medicina.

Conclusão
O transplante autólogo de células-tronco hematopoéticas sem o uso de hemocomponentes é factível em situações especiais, onde há clara expressão do desejo do pacien te associado a condições clínicas favoráveis e acompanhamento médico especialista rigoroso.

http://www.scielo.br/pdf/rbhh/v28n2/v28n2a18.pdf

http://pt.wikipedia.org/wiki/Alternativas_m%C3%A9dicas_ao_sangue
http://www.watchtower.org/t/medical_care_and_blood.htm

Deja un comentario

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *